[gênero] Space Opera



Já faz um tempo que eu não posto um gênero aqui, então vamos lá. Hoje vamos falar sobre Space Opera.

Space Opera é um subgênero da Ficção Científica que foca a aventura romântica, personagens épicos e cenários exóticos. O termo surgiu em 1941, quando Wilson Tucker definiu "space opera" como todo tipo de Ficção Cientifica aventuresca meio esgotada e recheada de clichês. 
Hoje o termo é muitas vezes usada para se referir a um conto de aventura espacial, onde o foco está em personagens ousadamente delineados, vilões, heróis, romance, drama e muita ação. Uma das escritoras de "Space Opera" nesse segundo sentido foi Leigh Bracket, conhecida como A Rainha do Space Opera.
O subgênero se tornou muito popular a partir dos anos 60 e 70 graças a franquias como Star Wars, Perry Rhodan e Star Trek.



Características

A Space Opera normalmente se passa no espaço ou em um planeta distante e muitas vezes ignora as leis da física como, por exemplo, espaçonaves que viajam muito mais rápido do que a velocidade da luz. Os planetas geralmente são exóticos, mas tem a atmosfera parecida com a da terra, possuem formas de vida estranhas e os alienígenas falam convenientemente inglês. 
As máquinas nessas histórias incluem, além de espaçonaves, carros voadores, armas com raios lazer  e robôs.   
Além de violar as leis da física, muitas Space Operas incluem forças paranormais e poderes capazes de destruir planetas e galáxias inteiras.
As histórias muitas vezes envolvem grandes corporações, guerras estelares e planetas sendo destruídos por grandes forças e manipulações de tecnologia

Exemplos na Literatura

Perry Rhodan - K. H. Scheer e Clark Darlton


Perry Rhodan é uma série de livros de Space Opera publicada na Alemanha desde 1961. Inicialmente criada para ser uma trilogia, ela se tornou um sucesso que já ultrapassou o número de 2.320 histórias em 2006. A série foi parcialmente traduzida para diversos idiomas e foi adaptada para o cinema no filme Mission Stardust (1967), que foi muito criticado pelos fãs.
A história começa em 1971 com o primeiro voo tripulado à lua por membros da Força Aérea dos Estados Unidos. O major Perry Rhodan e sua tripulação descobrem, em nosso satélite, uma espaçonave extraterrestre acidentada. Se apropriando da tecnologia extraterrestre, eles conseguem a unificação da humanidade e iniciam a conquista da galáxia e do cosmos pela humanidade. Enquanto a série prossegue, alguns personagens adquirem a imortalidade virtual, fazendo a história cruzar milênios, incluindo flashbacks, viagens no tempo, universos paralelos e etc.

Trilogia da Fundação - Isaac Asimov



A Série da Fundação, escrita por Asimov, descreve em detalhes a história de um futuro distante e de como o destino de seus habitantes é influenciado por uma instituição chamada Fundação Enciclopédica. Ao escrever em forma de uma saga científica e enfatizar a procura da sabedoria, o objetivo de Asimov no primeiro livro da série era descrever em detalhes a queda do Império Galático e o surgimento de um mundo científico, orientado pela verdade, sem subterfúgios ou golpes baixos. 


Duna - Frank Herbert



Duna se passa em um futuro distante no meio de um império intergalático feudal em expansão, onde feudos planetários são controlados por casas nobres que devem aliança à casta imperial da Casa Corrino. O livro conta a história do jovem Paul Atreides, herdeiro do Duque Leto Atreides e da respectiva casa Atreides, na ocasião da transferência de sua família para o planeta arrakis, a única fonte no universo da especiaria melange. Em uma história que explora as complexas interações entre política religião, ecologia, tecnologia e escolhas e consequências em alicerce às emoções humanas, o destino de Paul, sua família, seu novo planeta e seus habitantes nativos, os subestimados fremen, assim como o destino do Imperador Padishah, da poderosa Corporação Espacial à seu serviço e da misteriosa ordem feminina das Bene Gesserit, acabam todos interligados em um confronto que mudará o curso da humanidade.

Space Opera - Odisséias Fantásticas Além da Fronteira Final (vários autores)



Publicada pela editora Draco, essa antologia traz nove histórias de autores nacionais. Conflitos políticos, batalhas espaciais, alienígenas, romance, espionagem, tecnologias do futuro e um toque de jeitinho brasileiro, é o que você vai encontrar nesse livro.
Os autores que fazem parte dessa antologia são: Gerson Lodi-Ribeiro, Clinton Davisson, Maria Helena Bandeira, Jorge Luiz Calife, Letícia Velásquez, Marcelo Jacinto Ribeiro, Flávio Medeiros Jr., Larissa Caruso e Hugo Vera. O prefácio é de Fábio Fernandes.




Comentários